França já deixou claro que está ao lado dos EUA, diz Casa Branca

O porta-voz da Casa Branca, Ari Fleischer, hoje, não quis entrar em detalhes sobre o fato de o presidente francês Jacques Chirac evitar caracterizar como guerra a luta contra o terrorismo, como tem feito o presidente norte-americano George W. Bush. Fleischer afirmou que essa impressão é consequência, em parte, do fato de que o termo "guerra" leva consigo um significado específico legal na França e o país tem deixado claro que está ao lado dos EUA. Questionado sobre o nível de cooperação que os EUA receberam da Arábia Saudita, Fleischer afirmou que os EUA estão muito gratos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.