França pagará pescadores para caça ao tubarão

A França disse que pagará pescadores para que matem tubarões cabeça-chata nas águas ao largo da ilha Réunion, no Oceano Índico, após um forte aumento no número de ataques dos tubarões e na morte de um surfista na semana passada. O jovem de 22 anos teve uma perna devorada por um tubarão e não resistiu aos ferimentos. As autoridades francesas descreveram como sem precedentes os incentivos para que os tubarões sejam mortos. A soma ainda não foi divulgada, mas os franceses dizem que pagarão por quilo de carne de tubarão que for entregue.

AE, Agência Estado

01 de agosto de 2012 | 14h13

Entre 2000 e 2010 não ocorreram ataques de tubarões na ilha de Réunion, um território marítimo francês próximo a Madagáscar, no Oceano Índico. Mas a tragédia da morte do surfista na semana passada representou o sétimo ataque - e o terceiro fatal - desde que os tubarões cabeça-chata começaram a infestar as águas ao redor de Réunion em 2011. Os grupos franceses de defesa aos animais criticaram o projeto do governo, chamado de "extermínio".

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.