França pagou ? 200 mil de fiança por estudante

O ministro das Relações Exteriores da França, Bernard Kouchner, admitiu ontem que Paris pagou pela libertação de Clotilde Reiss, cidadã francesa presa no Irã acusada de espionagem. O valor seria "cerca de ? 200 mil", disse Kouchner. Com o pagamento, Clotilde foi libertada provisoriamente e agora aguarda a conclusão do julgamento em liberdade. Kouchner disse que o fato de o governo francês ter pago a fiança não representa um reconhecimento da legalidade do processo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.