França planeja cortar 21 bi de euros em gastos em 2015

O ministro de Finanças da França, Michel Sapin, disse neste domingo que o governo deve concentrar a maior parte dos cortes de gastos previstos para 2015 no orçamento da administração central, nos sistemas de saúde e segurança social e também nos governos locais. "O esforço será compartilhado", afirmou.

AE, Agência Estado

06 Julho 2014 | 12h17

"Todas as medidas para o próximo ano vão somar uma economia de quase 21 bilhões de euros, dos 50 bilhões de euros que nós planejamos para o próximo triênio", acrescentou Sapin. Segundo ele, com essas economias o governo conseguirá reduzir o déficit orçamentário e estabilizar a dívida pública, que se aproxima de 2 trilhões de euros. Assim também será possível financiar uma redução nos impostos para empresas, em uma tentativa de estimular a economia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
França gastos cortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.