França pode usar armas nucleares contra terroristas, diz Chirac

A França responderá com dureza, possivelmente com armas não convencionais, a qualquer ataque terrorista direcionado à territórios franceses, disse o presidente Jacques Chirac, nesta quinta-feira, em um discurso reafirmando a necessidade da França se ajustar ao nível bélico em relação a outras nações.Chirac disse que a força nuclear da França "não tem objetivos de persuadir terroristas fanáticos". Mas afirmou que líderes mundiais que "usarem formas de terrorismo contra nós, qualquer um que pretender usar armas de destruição em massa precisa entender que eles estarão se expondo à uma firme resposta de nosso país".A capacidade nuclear da França, também conhecida como "força de impacto", é considerada apenas um meio de proteger os interesses vitais da nação e não está preparada para uma situação real de batalha.Chirac explicou que as ogivas nucleares foram reduzidas a apenas alguns mísseis na França, quatro submarinos armados de artefatos nucleares mirados para centros de poder específicos, para evitar o risco de grandes baixas civis e maior destruição estratégica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.