França prende suspeitos de recrutar militantes para o Iraque

A polícia francesa prendeu 11 pessoas, nove delas suspeitas de ligação com a Al-Qaeda, como parte de uma operação contra redes que estariam recrutando militantes para o Iraque, informou o Ministério do Interior. Nove das prisões aconteceram na manhã de quarta-feira. "Esses indivíduos, que vêm do sudoeste da França, estão sendo formalmente investigados por organizar uma rede que leva jihadistas para o Iraque", afirmou o Ministério em nota. Os outros dois suspeitos foram detidos na terça-feira no aeroporto de Orly, em Paris, ao desembarcarem do exterior. A polícia antes havia informado que vários dos suspeitos tinham chegado da Síria e que entre eles havia quatro mulheres. "Essas prisões se seguem a um longo inquérito conduzido pelos serviços franceses, que vinham seguindo seus movimentos há meses", acrescentou o Ministério na nota.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.