França propõe conferência internacional sobre o Iraque

O ministro das Relações Exteriores da França, Dominique de Villepin, em viagem oficial à Índia, disse que nenhum país pode levar sozinho a paz ao Iraque, e sugeriu a realização de uma conferência internacional para analisar o futuro do país árabe. "É importante que todos os Estados árabes apóiem o processo de levar a democracia, a estabilidade e a unidade ao Iraque", disse Vellipen em declarações à imprensa. Segundo ele, a conferência poderia ser realizada em junho.A França e a Índia se opuseram à guerra liderada pelos Estados Unidos para derrubar o presidente Saddam Hussein. "Um país pode ganhar a guerra, mas nenhum país pode conseguir a paz sozinho", afirmou o chanceler francês. O ministro das Relações Exteriores da Índia, Yashwant Sinha, disse mais tarde que a França e a Índia concordaram que "apenas a ONU poder emprestar credibilidade ao processo que queremos que ocorra no Iraque, incluindo a entrega da soberania à população iraquiana".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.