França quer auxiliar EUA na questão do Oriente Médio

O ministro de Relações Exteriores da França, Bernard Kouchner, disse hoje, em entrevista à rádio francesa France-Info, que espera trabalhar rapidamente com a nova administração dos Estados Unidos na questão das tensões no Oriente Médio. Mas ele também disse que seu país e a Europa não devem esperar o presidente eleito Barack Obama "para resolver todos os nossos problemas" e deve continuar com os esforços diplomáticos depois de 22 dias de violência na Faixa de Gaza.Kouchner disse que conhece pessoas chave da nova administração e que quer cooperar "muito rapidamente" com a futura secretária de Estado de Obama, Hillary Clinton.A França teve importante papel nos esforços para colocar fim à ofensiva israelense em Gaza e aos ataques com foguetes dos militantes do Hamas. O presidente francês, Nicolas Sarkozy, viajou para a região duas vezes com o objetivo de promover a paz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.