França realiza 1º turno de eleições parlamentares

Os eleitores da França escolhem neste domingo os membros da câmara dos deputados da Assembleia Nacional do país, em uma eleição que irá determinar se o Partido Socialista do novo presidente François Hollande irá controlar o governo ou se seus rivais conservadores vão ter a maioria da casa. As eleições terão um segundo turno no próximo fim de semana, no dia 17 de junho.

AE, Agência Estado

10 de junho de 2012 | 12h33

As eleições também irão determinar se o presidente Hollande possui apoio para sua política de taxar os riscos e de colocar fim à austeridade. Além disso, o resultado vai mostrar quanta voz a direita vai ter nas políticas sobre imigração de práticas muçulmanas.

Pesquisas mostram que os socialistas estão um pouco à frente, mas ainda não está claro se eles terão uma maioria expressiva necessária para que Hollande cumpra as promessas feitas durante as eleições, quando derrotou o conservador Nicolas Sarkozy, cujo partido atualmente domina o parlamento.

O partido da Frente Nacional, de Marine Le Pen, que defende leis anti-imigração, também deve ganhar voz no parlamento pela primeira vez desde os anos 1980. Seus objetivos de acabar com o euro, reduzir a imigração, proteger a França e lutar contra a islamização fez com que ela ganhasse fãs entre os eleitores franceses que temem a globalização e também entre os movimentos de extrema direita da Europa.

Até o meio-dia, a presença nas urnas era de 21,06%, de acordo com números divulgados pelo Ministério do Interior. O porcentual é ligeiramente abaixo dos 22,56% dos eleitores franceses que haviam votado até o meio dia do primeiro turno das eleições parlamentares de 2007. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Françaeleiçõesparlamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.