França vetará administração do Iraque pelos EUA

O presidente da França, Jacques Chirac, rejeitou a proposta do Reino Unido para que a Organização das Nações Unidas aprove uma resolução que permitiria aos EUA e ao Reino Unido governarem o Iraque e seguiu mostrando oposição à invasão do território iraquiano. Segundo Chirac, uma nova resolução seria uma "justificativa da invasão militar" posterior ao fato e é inaceitável. No início da manhã, o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, afirmou que gostaria que a ONU aprovasse uma resolução que autorizasse uma "autoridade civil no Iraque após a saída de Saddam".Blair defendeu ainda que a reconstrução do Iraque seja financiada com os recursos obtidos com a venda do petróleo iraquianos e que estão em um fundo mútuo em nome da ONU. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.