Franceses lamentam a 'deserção' de Depardieu

Políticos da França lamentaram a decisão do ator Gérard Depardieu de estabelecer seu domicílio na Bélgica para pagar menos impostos. O prefeito de Paris, Bertrand Delanoe, disse estar decepcionado com o ator, de quem é amigo. Nathalie Artaud, líder da principal organização trotskista da França, disse que a atitude de Depardieu "dá vergonha".

O Estado de S.Paulo

11 de dezembro de 2012 | 02h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.