Franceses são detidos por assasinato de filha portadora de Down

Corpo da menina foi encontrado escondido em concreto no escritório do pai.

BBC Brasil, BBC

13 de setembro de 2009 | 15h54

Os pais de uma garota francesa de oito anos de idade cujo corpo foi encontrado enterrado em concreto foram detidos sob suspeita de homicídio.

O corpo da garota chamada de Marina (seu sobrenome não foi revelado) foi descoberto no local de trabalho do pai, em Le mans, ao sudoeste de Paris.

Na quarta-feira os pais disseram à polícia que a menina havia sido sequestrada quando estava no carro do pai, estacionado um restaurante.

Nova versão

A promotoria disse que o pai mudou a história na sexta-feira, após a descoberta do corpo da garota, dizendo que ela havia morrido de causas naturais no início de agosto.

A polícia afirma acreditar que Marina pode ter morrido após sofrer espancamento no mês passado. Seu corpo teria então sido mantido em um freezer antes de ser coberto por concreto.

Os pais estão sendo acusados de assassinato, violência contra um menor e desperdiçar o tempo da polícia.

Investigadores dizem que há relatos de que a garota, que era portadora de síndrome de Down branda, sofria violência doméstica. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.