Francisco está considerando ir a uma partida de futebol

Jogo amistoso entre as seleções da Itália e da Argentina será realizado em Roma no próximo dia 14

Jamil Chade,

31 de julho de 2013 | 22h30

O papa Francisco está considerando ir a uma partida de futebol. No próximo dia 14, um amistoso será realizado em Roma entre Itália e Argentina. Ambos os times concordaram em homenagear o papa, ainda que em campo o que vale é mesmo a preparação de ambas as seleções.

O Vaticano confirma que o papa, torcedor do San Lorenzo na Argentina, recebeu um convite para ir ao campo e, como decidiu não tirar férias e permanecer em Roma, estaria considerando aceitar a sugestão. Mas ainda não existe uma confirmação de que isso vá ocorrer, principalmente por conta da segurança. O papa, porém, já se queixou de que se sente "enjaulado" e que gostaria de "andar pelas ruas". Na noite anterior ao jogo, ele deve receber os times para um breve encontro.

Quando garoto, Jorge Bergoglio era frequentemente visto nas arquibancadas do estádio Gasômetro, em Buenos Aires. Mesmo durante sua viagem ao Brasil, usou anedotas de futebol para explicar suas decisões na Cúria e chegou a fazer gestos de um torcedor ao ver uma camisa de sua seleção.

Não seria a primeira vez que um papa iria a um campo de futebol. No ano 2000, João Paulo II esteve no estádio olímpico de Roma para assistir a um jogo entre a seleção italiana e um combinado internacional. Agora, com o papa argentino na arquibancada e Messi em campo, o time da casa pode ter sérias dificuldades.

Tudo o que sabemos sobre:
Papaigrejareformavaticano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.