Fretilin lidera apuração no Timor-Leste

Com 20% dos votos apurados, o Fretilin tem 33,14% dos votos nas eleições legislativas do país

Agencia Estado

02 Julho 2007 | 09h53

A Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (Fretilin, governista) lidera com 33,14% dos votos, a apuração das eleições legislativas realizadas no último sábado. Com 20% dos votos apurados, o Fretilin tem um total de 33.527 votos, seguido do Conselho Nacional para a Reconstrução do Timor-Leste, com 22.539 (22,28%), informou nesta segunda-feira a Comissão Eleitoral Nacional. A porta-voz da Comissão, María Angelina, disse que a coalizão ASDT/PSD está em terceiro lugar com 16.486 votos (16,30%). Os resultados correspondem à apuração de 101.162 votos de 12 distritos do país, sem incluir os da capital, Díli. A maneira pacífica em que transcorreram as eleições foi aplaudida por Javier Pomes Ruiz, chefe da missão de observadores da UE. "Isto representa um grande passo para a consolidação da cultura democrática, a paz e o final da profunda crise na qual o país afundou recentemente", disse Ruiz. O diplomata europeu aproveitou também para parabenizar os timorenses e os partidos políticos pela maturidade democrática mostrada nas eleições. Ao todo são 12 partidos e duas coalizões que competem pelas 65 cadeiras do novo Parlamento unicameral, do qual sairá um novo Governo e um primeiro-ministro. Os analistas políticos acham que nenhum partido conseguirá maioria suficiente para governar sozinho e será obrigado a formar um Governo de coalizão. O Fretilin, que ganhou as últimas eleições com 57% dos votos válidos, tem agora como principal rival o CNRT, liderado pelo ex-presidente Xanana Gusmão.

Mais conteúdo sobre:
timor, eleções, fretilin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.