Frio intenso mata duas pessoas congeladas na Romênia

Na Bulgária, vilas estão sem energia e população está água potável; cerca de 90 pessoas morrem na Índia

Agências internacionais,

03 de janeiro de 2008 | 11h15

Um onda de frio intenso toma conta de vários países do hemisfério norte matando duas pessoas congeladas da Romênia e outras 90 na Índia, por conseqüência. Em Bucareste, a neve cobriu toda a cidade, cortou a energia de centenas de vilas e fez com que os dois aeroportos e alguns portos fossem fechados. Ohio, nos Estados Unidos, também está sofrendo com fortes nevasca.     Um mulher é fotografada durante uma nevasca em uma parque de Bucareste, na Romênia, nesta quinta-feira, 3. Foto: Mihai Barbu/Reuters   As duas vítimas morreram por causa da neve que bloqueou nas últimas 36 horas o tráfego em várias ruas de Bucareste e nas estradas do sul do país. Elas foram encontradas na quarta-feira no distrito de Mehedinti (sul), onde as ambulâncias que tinham sido chamadas ficaram bloqueadas nas vias rurais, segundo as autoridades locais.   Um caminhão trafega pela rua coberta de neve no oeste da Bulgária. Foto: Stoyan Nenov/Reuters   Nevascas e ventos fortes interromperam o tráfego das estradas na Bulgária e uma parte do norte está em estado de emergência. Cerca de 311 vilas estão sem energia e dúzias ficaram sem alimentos e água potável, segundo informou autoridades da Bulgária.   Uma churrasqueira completamente coberta pela neve em Chagrin Falls, em Ohio. Foto: Amy Sancetta/AP Photo   O Serviço Meteorológico britânico (Met Office) alertou a população sobre a chegada de tempestades de neve e frio polar na Inglaterra, que devem afetar gravemente o sistema de transportes do país.  O alerta inclui também o País de Gales, a Escócia e a Irlanda do Norte.   Pessoas passeam em um parque na Romênia. Foto: Stoyan Nenov/Reuters   Segundo os especialistas, as mudanças climáticas se devem à chegada de ventos provenientes da Sibéria. O tempo gelado está castigando ainda as regiões nortistas de Uttar Pradesh, Haryana, Rajasthan, Punjab, Himachal Pradesh e especialmente a Caxemira, onde a temperatura chegou aos 7 graus abaixo de zero, o recorde deste inverno.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.