Frota russa monitora navios da Otan no Mar Negro

A Marinha russa recebeu ordens de monitorar o crescente número de embarcações da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no Mar Negro, informou o general Anatoly Nogovitsyn, subcomandante do Estado-Maior das Forças Armadas da Rússia. "À luz do incremento das forças navais da Otan no Mar Negro, a frota assumiu também a tarefa de monitorar as atividades das embarcações da aliança atlântica", declarou o general. Mais cedo, navios da Marinha russa posicionaram-se na costa da Abkházia, uma região separatista da Geórgia cuja declaração de independência foi reconhecida ontem por Moscou.Os navios russos estão na região para "apoiar a paz e a estabilidade na Abkházia e nas águas territoriais da república separatista", disse o vice-almirante Serguei Menyailo, citado por agências locais de notícias. "Nossas tarefas incluem o controle das águas territoriais da Abkházia, a prevenção de embarques de armas e a distribuição de ajuda humanitária", afirmou ele. Os navios da Otan encontram-se no Mar Negro para a realização de manobras militares programadas antes da eclosão da guerra entre Rússia e Geórgia no início de agosto. O conflito levou Moscou a suspender seus contatos militares com a Otan por causa do apoio da aliança atlântica ao governo georgiano. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.