Fujimori é acusado de desviar dinheiro público

O ex-presidente peruano Alberto Fujimori (1990-2000) foi denunciado ontem por uso de fundos públicos para fins particulares, delito que poderá acrescentar 8 anos de prisão às penas do político - já condenado a 25 anos de encarceramento por crimes contra os direitos humanos. A promotora peruana Delia Espinoza pediu ainda que Fujimori seja obrigado a pagar 3 milhões de sóis (cerca de US$ 1 milhão) de reparação pelos supostos desvios e tenha cassados por três anos seus direitos políticos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.