Fumaça desconhecida interdita parte do metrô de Tóquio

Uma das principais linhas de metrô de Tóquio foi parcialmente paralisada nesta quinta-feira depois de ser detectada uma fumaça de origem desconhecida, segundo informou um porta-voz da companhia que explora o serviço.A linha Marunouchi, que percorre o centro de Tóquio, foi suspensa em parte de seu percurso, começando pela estação de Shinjuku, pela qual passam 2 milhões de pessoas diariamente, e abrangendo outras 10.Um porta-voz do metrô de Tóquio disse que o incidente aconteceu às 13h59 (2h59 de Brasília). Ainda não se sabe a origem da fumaça.Um condutor do trem da linha Marunouchi viu fumaça na via e avisou aos bombeiros e a polícia. A circulação foi paralisada por enquanto em 10 estações, segundo a fonte.O metrô é o principal meio de transporte em Tóquio, uma cidade de 12 milhões de habitantes. Somando os da área metropolitana, o total chega a mais de 30 milhões.Em 20 de março de 1995, um ataque com gás sarin na hora do rush de manhã causou a morte de seis pessoas e intoxicações em outras 6 mil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.