Arshad Butt/AP
Arshad Butt/AP

Funcionário da Cruz Vermelha é sequestrado no Paquistão

Britânico foi capturado em Quetta, cidade próxima à fronteira com o Afeganistão

estadão.com.br

05 de janeiro de 2012 | 16h28

ISLAMABAD - Um funcionário do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) foi sequestrado nesta quinta-feira, 5, por homens armados na cidade paquistanesa de Quetta, situada no oeste do país, perto da fronteira com o Afeganistão, segundo informou a própria entidade.

 

O incidente ocorreu por volta das 13 horas locais (6 horas em Brasília). O gerente do programa de saúde Khalil Rasjed Dale, de nacionalidade britânica, ia do trabalho para casa em um veículo da Cruz Vermelha claramente identificado quando foi capturado.

 

Até o momento, a Cruz Vermelha não tem indícios sobre a identidade dos sequestradores, nem sobre seus motivos. A família de Dale foi avisada imediatamente. Apesar do incidente, a entidade continuará com seu trabalho humanitário no Paquistão e pede a liberação rápida e incondicional de seu funcionário raptado.  

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoÁsiaCruz Vermelha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.