Funcionário de partido curdo é assassinado no Iraque

Um funcionário de um dos principais partidos curdos do Iraque foi morto a tiros neste domingo no norte do país, informou a polícia nesta segunda-feira. Sharzad Jassan, de 31 anos, voltava para casa em Kirkuk (a 290 km de Bagdá) quando homens armados dispararam contra ele. Jassan era membro da União Patrióitica do Curdistão, que apoia a intervenção norte-americana no Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.