Funcionário do Senado é indiciado por tráfico

Orlando Ranaldi, diretor do serviço postal do Senado italiano, foi demitido do cargo e indiciado por tráfico de drogas. Ranaldi é suspeito de integrar um cartel que comprava cocaína de traficantes no sul do país e a levava para ser distribuída em Roma.

O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.