Funcionário palestino do Fatah é baleado na cidade de Gaza

Homens atiraram contra o carro de um funcionário de segurança palestino do partido Fatah neste sábado, segundo informações da agência de notícia France Presse. O homem, um guarda-costas e uma menina de sete anos ficaram feridos durante o tiroteio em uma cidade da Faixa de Gaza. De acordo com a EFE, Hasan Jarbouh, subdiretor da Polícia Preventiva na cidade de Rafah, sofreu grave ferimentos e sua vida corre perigo. Na manhã deste sábado, homens armados do Hamas e aliados do presidente palestino Mahmoud Abbas entraram em conflito próximo ao escritório de Abbas em Gaza e do Ministério de Exteriores.Nenhuma organização armada teria reivindicado o ataque, mas é possível que o incidente faça parte da onda de violência que atinge a região nos últimos dez dias. Jarbouh pertence a um dos órgãos de segurança leais ao presidente Mahmoud Abbas, portanto seus aliados acreditam que o Hamas seja responsável pelo ataque. Na sexta-feira, milicianos do movimento nacionalista Fatah atacaram um grupo de militantes do Hamas na cidade de Naplusa, na Cisjordânia, causando a morte de uma pessoa e deixando oito feridos.Os confrontos tiveram início a quase duas semanas, depois que tiroteios entre as duas facções deixaram três crianças mortas e foram intensificados depois que Abbas anunciou eleições antecipadas, abrindo um desafio ao militantes do Hamas. Na sexta-feira, negociadores do Hamas e do Fatah renovaram a frágil trégua decretada na terça-feira, depois dos breves mas violentos confrontos entre milicianos dos dois lados, durante a madrugada, na Cidade de Gaza, segundo informou o o jornal israelense Ha´aretz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.