Funcionários da DHL morrem em tiroteio em Cabul

Dois estrangeiros e um afegão, funcionários da companhia internacional de entregas DHL, foram mortos num tiroteio no coração da capital do Afeganistão, Cabul, neste sábado, informou o ministro do Interior. Oficiais informaram que não sabem a nacionalidade das vítimas nem o motivo por trás do ataque, que aconteceu em meio à crescente violência no Afeganistão e menos de uma semana depois que uma voluntária britânica foi morta em outra parte de Cabul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.