Funcionários de Fukushima são hospitalizados

TÓQUIO

, O Estado de S.Paulo

25 de março de 2011 | 00h00

Dois dos funcionários que tentam controlar a temperatura dos reatores da central nuclear de Fukushima foram hospitalizados ontem após serem expostos à radiação. Também ontem, autoridades japonesas afirmaram que o nível de contaminação da água de Tóquio já é seguro para o consumo de crianças. Mas em duas regiões próximas à capital a radioatividade na água encanada ainda coloca os bebês em risco.

Mais de 10 dos cerca de 300 funcionários que trabalham atualmente em Fukushima já ficaram feridos na tentativa de evitar o derretimento das hastes radioativas. Ontem, os técnicos que se contaminaram tentavam restabelecer a energia no reator 3, mas suas botas foram cobertas pela água usada para resfriar o equipamento.

Segundo a Tokyo Eletric Power, eles teriam sofrido "queimaduras de raio beta". Os níveis de contaminação encontrados nos técnicos estão entre 170 e 180 milliserverts - o máximo tolerado é de 250. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.