Funcionários de ônibus de Londres ameaçam greve

Milhares de funcionários de ônibus de Londres votaram para entrar em greve antes da Olimpíada de 2012, dizendo que querem receber um bônus por trabalharem durante os jogos. Membros do sindicato endossaram a ação em uma taxa de mais de nove para um neste sábado, mas as datas da paralisação ainda precisam ser anunciadas.

AE, Agência Estado

09 de junho de 2012 | 12h34

O sindicato busca um bônus de 500 libras (aproximadamente US$ 775) para cada um dos 20 mil funcionários que representa. Os trabalhadores do metrô já garantiram pagamentos similares para trabalharem durante os jogos, enquanto os que atuam na rede de aluguel de bicicletas também pediram remuneração adicional. A Olimpíada de 2012 acontece entre 27 de julho e 12 de agosto. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Londresgreveônibus

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.