Funcionários do metrô e de trens param na Espanha

Os serviços de trem e metrô em Barcelona e Madri foram parados nesta segunda-feira, pois seus funcionários convocaram paralisação em protesto contra os cortes de salários e reformas no setor. Centenas de viagens foram canceladas, causando congestionamentos nas duas cidades. No metrô, a greve ocorreu na hora do rush, durante a manhã.

AE, Agência Estado

17 de setembro de 2012 | 08h41

A companhia ferroviária estatal, RENFE, disse que foram cancelados cerca de 300 trens. A empresa afirmou também que os sindicatos concordaram em manter 50% das composições funcionando ao longo do dia.

Os trabalhadores afirmam que a reestruturação do setor, que deve acontecer em 2013, vai causar demissões. A Espanha está em sua segunda recessão em três anos, com desemprego afetando 25% da população. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EspanhaGREVEMETRÔ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.