Brennan Linsley/AP
Brennan Linsley/AP

Fundação Gates vai doar US$ 50 milhões para conter ebola

O dinheiro será usado para adquirir suprimentos e para desenvolver vacinas, tratamentos e melhores ferramentas de diagnóstico

Estadão Conteúdo

10 de setembro de 2014 | 14h57

A Fundação Bill e Melinda Gates disse que vai doar mais de US$ 50 milhões para ajudar na resposta emergencial à epidemia de ebola no oeste da África.

Em um anúncio feito nesta quarta-feira, a fundação com sede em Seattle, informou que o dinheiro irá para as instituições da Organização das Nações Unidas (ONU) envolvidas na luta contra a transmissão do vírus. O dinheiro será usado para adquirir suprimentos e para desenvolver vacinas, tratamentos e melhores ferramentas de diagnóstico.

A fundação já doou previamente mais de US$ 10 milhões para operações de emergência, tratamento e pesquisa.

A CEO da instituição, Sue Desmond-Hellmann, disse que a forma exata como a nova remessa de dinheiro será gasta ainda está sendo discutida. A fundação quer ajudar a conter o surto, assim como acelerar o desenvolvimento de tratamentos e de vacinas. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
eboladoaçõesFundação Gates

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.