Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Fundamentalista tem prisão prolongada

O Paquistão prolongou ontem a prisão domiciliar de Hafiz Mohamed Saeed, diretor de uma entidade de caridade que serve de fachada ao grupo Lashkar-i-Taiba, acusado de promover os atentados a Mumbai, na Índia, em dezembro. Autoridades paquistanesas disseram que Saeed permanecerá preso por mais 30 dias.

, O Estadao de S.Paulo

10 de janeiro de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.