Fundo para vítimas de Boston recebeu US$ 20 milhões

Pouco mais de uma semana após os ataques na Maratona de Boston, um fundo criado para ajudar os feridos e as famílias dos mortos já recebeu US$ 20 milhões em doações, afirmaram o prefeito de Boston, Thomas Menino, e o governador de Massachusetts, Deval Patrick.

AE, Agência Estado

24 de abril de 2013 | 01h57

As doações que variam entre US$ 5 e vários milhões de dólares foram oferecidas por 50 mil doadores para o "One Fund Boston", anunciado na semana passada por Menino e Patrick. O fundo está sendo supervisionado por Kenneth Feinberg, que gerenciou fundos para vítimas após o vazamento de petróleo da BP.

O dinheiro deverá ir para as vítimas com lesões físicas, em vez de danos materiais a lojas na região, disse Feinberg. Ele afirmou que ainda não está claro se o fundo cobrirá traumas de saúde mental.

Feinberg declarou que ele terá a palavra final sobre quem é elegível para receber os fundos. Duas reuniões serão realizadas na semana do dia 6 de maio para determinar que tipo de danos ou lesões serão cobertos pelo fundo. Os formulários estarão disponíveis na internet no dia 15 de maio e o prazo para as inscrições será até 15 de junho, disse ele.

Seguros ou fundos privados disponíveis não participarão na escolha de quem receberá o dinheiro, afirmou Feinberg. Segundo ele, aceitar o dinheiro não impedirá que as vítimas tomem medidas legais contra as autoridades ou contra os organizadores da maratona. Os formulários deverão ter registros que provem que as pessoas estiveram hospitalizadas para evitar fraudes.

Ele disse que a família de Sean Collier, o policial do MIT que foi morto na sexta-feira, e Richard Donohue, o agente de trânsito que foi lesionado, serão elegíveis para se candidatar. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUABOSTONFUNDO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.