Funeral de militantes curdas reúne milhares

Dezenas de milhares de curdos da cidade de Diayarbakir, na Turquia, foram ontem aos funerais das três líderes curdas assassinadas na semana passada em Paris. Sakine Cansiz, Fidan Dogan e Leyla Saylemez eram do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e foram executadas a tiros no escritório clandestino do grupo. Os caixões foram carregados na cidade sob palavras de ordem contra a Turquia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.