Furacão Adrian alcança categoria 4 perto da costa mexicana

Estados de Colima, Michoacán e Guerrero estão em alerta por possibilidade de fortes chuvas

Efe,

10 de junho de 2011 | 03h24

Imagem fornecida pela Nasa mostra o furacão Adrian na costa do México

MÉXICO - O furacão Adrian chegou à categoria 4 na escala Saffir-Simpson na noite de quinta-feira, 9, em frente à costa do Pacífico mexicano, de acordo com o Serviço Meteorológico Nacional (SMN).

Às 22h da hora local (0h de sexta-feira em Brasília), o primeiro furacão da temporada no Pacífico estava 515 quilômetros ao sul de Manzanillo, no estado mexicano de Colima, com ventos máximos de 220 km/h e sequências de 270 km/h, segundo uma fonte do SMN.

O Adrian, que à tarde alcançara a categoria 3, provoca ondas de até quatro metros de altura.

Os estados de Colima, Michoacán e Guerrero estão em alerta por possibilidade de fortes chuvas.

Nesta temporada de furacões, que vai de junho a novembro, serão formados 17 ciclones tropicais em cada um dos oceanos Pacífico e Atlântico, dos quais 14 podem atingir o México em alguma de suas diferentes escalas (depressão, tempestade tropical ou furacão).

Tudo o que sabemos sobre:
furacão adrianméxicochuva

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.