Adrees Latif/REUTERS
Adrees Latif/REUTERS

Furacão Delta aumenta para categoria 3, enquanto se aproxima dos EUA

População da Louisiana foi orientada a se preparar e buscar refúgio

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de outubro de 2020 | 18h37

O furacão Delta voltou a ganhar força nesta quinta-feira, 8, ao alcançar categoria 3 em uma escala de 5, a caminho da costa dos Estados Unidos, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês).

Às 21h GMT (18h de Brasília), Delta estava a 500 km da Louisiana, avançando com ventos de 185 km/h. O furacão pode subir de categoria nesta noite.

O furacão se desloca em direção ao noroeste e manterá o rumo até a noite, quando deverá girar para o norte. A partir da noite de sexta-feira, a tendência é que vire para o nordeste.

O Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês) estima que a velocidade de translação ficará mais lenta e que os ventos ganharão força até a ascensão de categoria. Delta já foi mais forte, mas tocou o solo com categoria 2.

Na sexta-feira, a tendência é que o furacão enfraqueça antes de se aproximar do litoral norte do Golfo do México, onde impactará no mesmo dia.

As autoridades já pediram para que a população das regiões na trajetória do furacão se prepare e busque refúgio em lugares seguros. O governador da Louisiana, John Bel Edwards, declarou estado de emergência na terça-feira passada.

Segundo o portal Accuweather, esta será a primeira vez na história que um furacão com nome de letra do alfabeto grego - usadas quando acaba a lista de nomes anual - tocará o solo nos EUA. /AFP e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.