Furacão Earl ganha força e ameaça ilhas do Caribe

Ilhas Virgens britânicas e americanas já se preparam para chegada da tempestade

estadão.com.br,

30 de agosto de 2010 | 10h05

 Earl avança sobre as Pequenas Antilhas. Foto: NOAA/Efe

MIAMI - O furacão Earl se fortaleceu à medida que começou a atingir na manhã desta segunda-feira o norte das Ilhas Leeward, no Caribe. A previsão é que se torne uma tempestade mais poderosa nas próximas 24 horas, segundo o Centro Nacional dos Furacões dos Estados Unidos.  Um alerta foi emitido para ilhas do Caribe.

                     

O Earl seguia com ventos de 257 km/h. Ele é um furacão de categoria 3 na escala Saffir-Simpson."As condições do furacão estão agora se disseminando pelo norte das Ilhas Leeward e vão espalhar-se pelo oeste, no fim do dia, em direção às Ilhas Virgens", informou o Centro, em seu comunicado das 5 horas (6 horas em Brasília).     

                        

"A previsão é que o Earl se transforme em um grande furacão à noite ou na manhã de terça-feira", acrescentou o texto. O olho do furacão estava situado 80 quilômetros entre o leste e o nordeste das ilhas francesas de St. Martin, seguindo para norte.       

Alerta           

          

Foram emitidos alertas de risco no Caribe, incluindo as Ilhas Virgens britânicas e norte-americanas, Antígua e Barbuda e o território britânico de Montserrat e Anguilla.      

                        

Em várias dessas ilhas, pessoas estocavam suprimentos ontem, comprando itens como velas, água e comida enlatada. Diversos turistas se apressavam para tomar aviões para seus países. Outros, porém, relaxavam na praia enquanto podiam. Mais tarde, os turistas se refugiaram em seus quartos à espera da piora do clima.

 

Em Antígua, o Aeroporto Internacional V.C. Bird fechou e companhias aéreas suspenderam seus voos. Os cruzeiros desviaram suas rotas para outros portos do Caribe e do México. Em San Cristóvam e Nevis, as autoridades pediram aos moradores que tomassem todas as precauções para a chegada do furacão.

Tempestades tropicais são esperadas em Porto Rico nesta segunda-feira, com possível passagem para furacão à noite.     

Com AE e Reuters                           

Tudo o que sabemos sobre:
Caribafuracãoalerta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.