REUTERS/Victor Yanez
REUTERS/Victor Yanez

México se prepara para chegada da tempestade Franklin

Na quarta-feira, fenômeno natural se transformou em furacão de categoria 1; aulas e atividades turísticas foram suspensas, e membros do Exército e da Marinha organizavam deslocamentos preventivos

O Estado de S.Paulo

10 Agosto 2017 | 05h04
Atualizado 10 Agosto 2017 | 10h49

CANCÚN, MÉXICO - A tempestade tropical Franklin se transformou na quarta-feira 9 em um furacão de categoria 1 nas águas do Golfo do México. Autoridades mexicanas adotam medidas preventivas à espera de que ele chegue à região em breve.

Franklin se tornou o primeiro furacão da temporada no Atlântico, segundo o último boletim do Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC, na sigla em inglês), com sede em Miami.

Às 22h (0h de quinta-feira em Brasília), o furacão se encontrava a 110 km do porto de Veracruz, no leste do México, com ventos de 140 km/h, e se deslocava a 20 km/h.

Na terça-feira, Franklin seguiu para as águas do Golfo, ainda como tempestade tropical, após atravessar, na véspera, a Península de Yucatán, provocando fortes chuvas nos balneários do Caribe mexicano, mas sem causar danos graves ou vítimas.

As autoridades esperam que o fenômeno impacte a região entre Tuxpan e o porto de Veracruz, provocando ondas de até oito metros.

Na quarta-feira, foram suspensas aulas, atividades turísticas e navegações em Veracruz, e membros do Exército e da Marinha organizavam deslocamentos preventivos.

Há previsão de chuvas torrenciais, especialmente em Veracruz e nos Estados de Puebla e Hidalgo, onde poderiam ocorrer deslizamentos, indicou Luis Felipe Puente, coordenador nacional de Proteção Civil. Espera-se que, ao chegar em Veracruz, Franklin perca a sua força enquanto atravessa o centro do país. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.