Furacão Gustav mata 3 no Haiti antes de perder força

Pelo menos três pessoas morreram na passagem do furacão Gustav pelo Haiti antes do fenômeno perder força, transformar-se em tempestade tropical e ganhar novamente o mar em direção a Cuba. Enchentes encobriram o sul do Haiti e obrigaram centenas de pessoas a abandonarem suas casas.O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos advertiu que a tempestade tropical tende a voltar a ganhar força e meteorologistas previam a possibilidade de o fenômeno alcançar a costa americana do Golfo do México na próxima semana como um furacão de categoria 3.Na manhã de hoje, a tempestade Gustav apresentava ventos sustentados de 95 quilômetros por hora, com rajadas mais fortes. O olho do sistema encontra-se cerca de 150 quilômetros ao leste de Porto Príncipe e segue em direção noroeste. Um alerta de furacão está em vigor em algumas regiões de Cuba, especialmente no litoral sul do país.

AE/AP, Agencia Estado

27 de agosto de 2008 | 13h29

Tudo o que sabemos sobre:
CaribefuracãoHaiti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.