Furacão Ike força milhares a ficar em abrigos temporários

A passagem do furacão Ike obrigou dezenas de milhares de moradores a ficarem em abrigos. Vários bairros na costa do Texas estavam inundados e sem eletricidade hoje. Outras pessoas preferiram ficar em hotéis, com a esperança de que o dinheiro seja suficiente para aguardar a água baixar e retornar para casa.Mais de 1,2 milhão de pessoas deixaram a costa do Texas por causa do Ike. Mas segundo as autoridades até 140 mil desafiaram as ordens de retirada e ficaram durante a sua passagem. Até agora foram registradas nove mortes por causa da tormenta - seis no Texas, duas na Louisiana e uma em Arkansas.Equipes de resgate percorriam as áreas atingidas, para salvar os que estavam em meio a casas derrubadas, escombros e sem energia elétrica. Quase duas mil pessoas foram retiradas da região costeira do Texas. Em Houston foi imposto um toque de recolher e autoridades advertiram que levaria semanas para que a quarta maior cidade do país voltasse à normalidade.Em San Antonio, 225 quilômetros terra adentro, os abrigos mantinham 5 mil refugiados. Mais de 4 mil aguardaram a passagem da tormenta em tendas, trailers e outros veículos similares, segundo o Departamento de Parques e Faunas do Texas.Em Tyler, 320 quilômetros terra adentro, 3.400 pessoas foram para abrigos temporários. As instalações não pareciam ser suficientes para enfrentar a situação a longo prazo. A porta-voz municipal Susan Guthrie informou que as autoridades estudavam como lidar com 1.600 pessoas que estavam no que já foi uma loja da cadeia Wall-Mart.O furacão aparentemente destruiu várias plataformas de produção de petróleo e danificou alguns oleodutos, informaram funcionários. Vôos de reconhecimento apontaram que pelo menos dez plataformas foram danificadas, segundo Lars Herbst, diretor regional do Serviço de Gerenciamento de Minerais do país.Há cerca de 3.800 plataformas no Golfo, incluindo 717 com equipes o tempo todo a bordo. Herbst enfatizou que os resultados eram preliminares, mas os estragos pareciam bem piores que os causados pelo furacão Gustav, duas semanas atrás. Mais da metade das refinarias do Texas foram fechadas por causa do Ike, de acordo com o Departamento de Energia. As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.