Jim Lo Scalzo /Efe
Jim Lo Scalzo /Efe

Furacão Irene é rebaixado para categoria 2, mas segue para EUA

Alerta foi ampliado para área de Nova Jersey; tempestade deve atingir Carolina do Norte neste sábado

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2011 | 09h52

MIAMI - O furacão Irene perdeu um pouco de força e está classificado como de categoria 2, porém segue seu curso e se aproxima da Costa Leste dos Estados Unidos. Um alerta de furacão foi ampliado para a área de New Jersey nesta sexta-feira. No dia anterior, o furacão chegou a ser apontado como de categoria 3, em uma escala de 1 a 5.

A nova área de alerta para o furacão se estende da costa da Carolina do Norte até Sandy Hook, em Nova Jersey, que fica logo ao sul da cidade de Nova York. Um alerta de furacão significa que problemas causados pelo fenômeno são aguardados em um período de 36 horas.

Os ventos máximos sustentados de Irene estavam em 175 quilômetros por hora nesta sexta-feira. O Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês), porém, afirmou que o fenômeno pode ganhar mais força, aproximando-se do limite entre as categorias 2 e 3, pouco antes de chegar à costa da Carolina do Norte.

O furacão deve chegar ao Estado norte-americano na manhã do sábado, passando por áreas populosas, e deve também passar pela região da cidade de Nova York no domingo.

Irene está 600 quilômetros a su-sudoeste de Cape Hatteras, na Carolina do Norte. Em algumas áreas o fenômeno pode provocar até 38 centímetros de chuva, segundo a previsão do NHC. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAFURACÃOIRENE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.