EFE/Us Navy
EFE/Us Navy

Furacão Irma obriga avião do papa Francisco a mudar de rota

Aeronave sobrevoaria o território de Porto Rico, mas se deslocará para o sul e cruzará as ilhas de Barbados, Granada e Trindade, segundo uma autoridade do Vaticano

O Estado de S.Paulo

06 Setembro 2017 | 08h22

ROMA - O papa Francisco deixou a Itália nesta quarta-feira, 6, a caminho da Colômbia, e seu avião foi forçado a mudar de rota em razão do furacão Irma, que está ganhando força sobre o norte do Caribe.

A aeronave da companhia Alitalia iria sobrevoar o território de Porto Rico, mas, em vez disso, se deslocará para o sul e cruzará as ilhas de Barbados, Granada e Trindade, disse uma autoridade do Vaticano.

Previsões recentes mostram que o Irma, uma das mais poderosas tempestades do Atlântico registradas em mais de um século, atingirá Porto Rico ainda nesta quarta-feira.

O papa Francisco faz sua 20.ª viagem ao exterior como pontífice e 5.ª à América Latina. Ele passará cinco dias na Colômbia para apoiar o processo de paz assinado entre o governo e a ex-guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que terminou com meio século de conflitos no país. / REUTERS

Mais conteúdo sobre:
furacão Porto Rico [PR] Papa Francisco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.