Furacão Katia se forma no Atlântico e pode ganhar força

O segundo furacão da temporada, batizado de Katia, se formou no Oceano Atlântico, nesta quinta-feira, e segue na direção oeste-noroeste, segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla em inglês), dos EUA. Com ventos de 120 Km/h, o Katia é um furacão de categoria 1 e, por ora, não oferece risco a nenhuma área terrestre. "Entretanto, um fortalecimento adicional está previsto durante as próximas 48 horas, e ele poderia tornar-se um grande furacão no fim de semana", informou o Centro Nacional de Furacões. À 0h de Brasília, o Katia localizava-se a 1.875 km ao leste das Pequenas Antilhas. Ele se deslocava a 32 km/h e deve continuar este movimento durante as próximas 48 horas. Ontem, o presidente Barack Obama disse que uma das áreas mais afetadas pelo furacão Irene foi o Estado de Nova Jérsei. O Irene atingiu 11 Estados americanos no último fim de semana e deixou 43 pessoas mortas. Obama anunciou que visitará as regiões mais atingidas pelas enchentes nos próximos dias. As informações são da Dow Jones.

Agência Estado

01 Setembro 2011 | 03h46

Mais conteúdo sobre:
Oceano Atlântico furacão Katia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.