Victor R. Caivano/AP
Victor R. Caivano/AP

Furacão Odile causa estragos em hotéis de Los Cabos

Fenômeno teve ventos de até 185 quilômetros por hora ao passar em cidade mexicana; segundo jornal, pessoas ficaram feridas

O Estado de S. Paulo

15 de setembro de 2014 | 11h30


A tempestade tropical Odile se tornou nesta segunda-feira, 15, em um furacão de categoria 2 e passou pelo Estado mexicano Baixa Califórnia do Sul, com fortes ventos e chuvas. Moradores e turistas que estavam em resorts de Los Cabos foram estavam em abrigos.

Sacadas e lobies de hotéis foram danificados, janelas foram quebradas e as ruas ficaram cheias de poeira. O jornal Tribuna de Los Cabos afirmou que pessoas ficaram feridas por estilhaços de vidros, a energia na cidade acabou e o hotel Cascadas teve focos de incêndio. 

O Serviço Meteorológico Nacional (SMN) informou que o furacão se movimentava a 26 quilômetros por hora, com ventos máximos de 185 Km/h. Além disso, o SMN havia alertado que poderiam ser registradas ondas de até 4 metros de altura e ventos de até 60 km/h nas zonas litorâneas.

Na atual temporada de ciclones no Pacífico já se formaram os furacões Amanda, Cristina, Iselle, Hernán, Julio, Karina, Marie e Norbert, assim como as tempestades tropicais Boris, Douglas, Elida, Fausto, Genevieve e Lowell. Até agora, o único que tocou território mexicano foi Boris, no litoral do sulista estado de Chiapas. / AP e EFE

Tudo o que sabemos sobre:
Méxicofuracão Odile

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.