AP
AP

Furacão Sandy perde força e se transforma em tempestade tropical

Seus efeitos deverão ser sentidos até a próxima semana; ventos são de 110 km/h

Efe,

27 de outubro de 2012 | 10h19

O furacão Sandy perdeu força e se transformou em tempestade tropical, embora seus efeitos deverão ser sentidos até a semana que vem, informou neste sábado, 27, o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC).

Após causar 38 mortos e obrigar milhares de pessoas a deixarem seus lares no Caribe, a tempestade Sandy viaja com ventos máximos sustentados de 110 km/h, na direção noroeste, segundo o último boletim do NHC.

"O centro de Sandy continua se afastando das Bahamas e se movimentará em paralelo à costa sudeste dos Estados Unidos durante o fim de semana", informou o site do NHC.

Apesar do enfraquecimento, a tempestade aumentou a velocidade de deslocamento, que é de cerca de 17 km/h, e sua grande extensão faz com que seus efeitos alcancem cerca de 725 quilômetros desde seu centro.

Sandy, que chegou a alcançar a categoria dois na escala de Saffir-Simpson, em um máximo de cinco, deixou 11 mortos em Cuba, 26 no Haiti e um na Jamaica, e ameaça agora o nordeste dos EUA, o que levou os estados de Nova York e Virgínia a declararem estado de emergência.

 
Tudo o que sabemos sobre:
Furacão Sandy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.