Furacão Tomas perde intensidade no Mar do Caribe

O furacão Tomas foi rebaixado à categoria 1, a menor na escala Saffir-Simpson, ao avançar sobre o Mar do Caribe hoje, depois de castigar as ilhas turísticas de Barbados e Santa Lúcia, com ventos fortes e chuvas que causaram vários prejuízos mas não fizeram vítimas fatais. Com ventos de 160 quilômetros por hora, Tomas tinha sido elevado a furacão de categoria 2 de sábado para domingo e estava se deslocando para oeste, para mar aberto, segundo o Centro Nacional de Furacões, em Miami.

AE, Agência Estado

31 de outubro de 2010 | 13h44

Dominica, Martinica, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas permaneciam sob alerta de tempestade tropical. Tomas estava se deslocando numa trajetória que deveria levá-lo até a Jamaica no fim da semana. Algumas simulações, no entanto, mostram o furacão se afastando de sua rota até o fim da semana e se deslocando em direção ao Haiti, onde mais de um milhão de pessoas estão vivendo em tendas após um terremoto devastador, no começo do ano, e uma recente epidemia de cólera. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.