Fuzileiro refém no Iraque está livre, diz família

O fuzileiro naval (?marine?) americano tomado como refém no Iraque por um grupo chamado Exército de Ansar al-Sunna já foi libertado, informou a família do militar. O cabo Wassef Ali Hassoun, de origem libanesa, está livre e em boas condições, disseram familiares, embora tenham admitido que ainda não se comunicaram diretamente com ele. O irmão de Hassoun, Sami, disse à Associated Press que "recebemos informações confiáveis de que ele foi libertado". Embora não tenha falado com seu irmão, que trabalhava como tradutor para a marinha dos EUA no Iraque quando desapareceu em 20 de junho, Sami afirmou ter recebido "indícios de meu irmão que nos confortam". Funcionários da chancelaria libanesa informaram que Beirute que a embaixada no Iraque garantiu que Hassoun está vivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.