Fuzileiros norte-americanos matam 25 rebeldes no Iraque

Fuzileiros navais dos EUA mataram 25 rebeldes e capturaram outros 25 em combates ocorridos nesta quarta-feira em Ramadi, a 112 km de Bagdá. Quatorze militares norte-americanos se feriram no confronto, nenhum deles com gravidade. Entre os rebeldes, 17 ficaram feridos. Segundo os fuzileiros, o conflito teve início após os rebeldes terem detonado uma bomba próximo a um comboio da infantaria da Marinha, por volta das 15h (hora local). Na seqüência, entre oito e dez rebeldes teriam atacado os militares com granadas e armas de pequeno porte, provocando o revide. Apoiadas pela força aérea, as tropas terrestres dos EUA enfrentaram os radicais por duas horas. Neste intervalo, outras duas bombas caseiras ? uma delas colocada em um automóvel ? foram detonadas.Ramadi é um distrito da província de Anbar, de maioria sunita, que se transformou em foco de resistência do movimento rebelde. Nesta quinta-feira, o comércio local fechou as portas por medo da retomada do conflito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.