Fuzileiros preparam campo de prisioneiros no deserto

Os fuzileiros navais americanos do Campo Rinoceronte, a base militar estabelecida a cerca de 100 quilômetros ao sudoeste de Kandahar, estão organizando um campo de prisioneiros no deserto do Afeganistão. As pessoas que forem detidas serão consideradas prisioneiras de guerra e receberão comida e assistência médica, informaram fontes militares americanas.A Cruz Vermelha Internacional receberá autorização para visitar os presos. No Campo Rinoceronte já se encontra detido John Walker, o americano de 21 anos que combatia junto aos talebans.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.