G8 tenta criar acordo sobre meio ambiente no Japão

Objetivo é reduzir pela metade as emissões poluentes até 2050; encontro antecede cúpula marcada para julho

EFE

24 de maio de 2008 | 02h11

Os ministros do Meio Ambiente do Grupo dos Oito (G8) iniciaram neste sábado uma reunião de três dias na cidade de Kobe (sudoeste do Japão) que tem como objetivo criar um acordo para reduzir pela metade as emissões poluentes até 2050.   Veja também:  Japão planeja reduzir emissões poluentes entre 60% e 80%  Premiê japonês vai à Rússia pressionar por clima e ilhas  Brown quer ação para interromper alta de alimentos   Os ministros de França, Alemanha, Reino Unido, Itália, Canadá, Estados Unidos, Japão e Rússia iniciaram o encontro no qual discutirão as possíveis soluções para a mudança climática após o término do Protocolo de Kyoto, em 2013.   Também estão presentes na reunião como convidados representantes do Meio Ambiente de economias emergentes como Brasil, México, China, Índia e África do Sul.   O Brasil está representado no encontro pela embaixadora em Nairóbi (Quênia), Ana Maria Sampaio Fernández, informaram fontes diplomáticas.   Os ministros do G8 discutirão ainda como facilitar o crescimento das economias emergentes ao mesmo tempo em que se reduz a poluição nestes países, para lutar contra a mudança climática de maneira efetiva e global.   O encontro em Kobe é uma das reuniões ministeriais organizadas antes da cúpula internacional do G8, que acontecerá de 7 a 9 de julho, na ilha de Hokkaido.

Tudo o que sabemos sobre:
G8

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.