Gabinete de Israel susta votação de proposta dos EUA

A votação de um plano norte-americano para destravar as negociações de paz entre israelenses e palestinos foi suspensa pelo gabinete de governo de Israel, disse uma fonte em Tel-Aviv. A fonte afirmou que Israel ainda aguarda uma proposta por escrito dos Estados Unidos e observou que representantes palestinos manifestaram objeções ao pacote oferecido por Washington, que inclui 20 caças com tecnologia Stealth no valor de cerca de US$ 3 bilhões. A demora no envio da proposta pelos EUA impedirá que o gabinete vote o tema amanhã, como se esperava, prosseguiu a fonte.

AE, Agência Estado

16 de novembro de 2010 | 16h02

Pelo plano norte-americano, Israel teria de suspender durante 90 dias as obras em assentamentos judaicos na Cisjordânia ocupada para convencer os palestinos a retornar à mesa de negociações. Em troca da suspensão das obras nas colônias judaicas, Israel receberia um bilionário pacote de ajuda militar e diplomática dos EUA.

O negociador palestino Saeb Erekat acusou Israel de fazer "jogo de empurra" e disse que os líderes palestinos não se manifestarão oficialmente até que a proposta seja formalizada. As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.