Gabinete de Ramallah renuncia

RAMALLAH, CISJORDÂNIA

, O Estado de S.Paulo

15 de fevereiro de 2011 | 00h00

Em uma aparente abertura diante das pressões provocadas pelos distúrbios no Egito, o primeiro-ministro da Autoridade Palestina (AP), Salam Fayyad, dissolveu ontem seu gabinete. Um novo governo, que deverá ser formado dentro de seis semanas, chefiará a Cisjordânia até as eleições, que devem ocorrer no meio do ano. O Hamas, que controla a Faixa de Gaza, anunciou que não participará da votação para escolher o novo comando da Autoridade Palestina. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.