Gallup: Uribe e Ingrid são os mais populares na Colômbia

O presidente Alvaro Uribe e a ex-refém Ingrid Betancourt aparecem como as pessoas mais populares da Colômbia. Segundo pesquisa da empresa Gallup publicada hoje pelo jornal "El Tiempo", Uribe tem 85% de apoio e Ingrid, 82%. A sondagem foi feita em duas etapas, uma antes e outra depois da operação de 2 de julho, na qual militares do país resgataram 15 seqüestrados, entre eles a ex-candidata presidencial Ingrid. O grupo era refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).A primeira amostra foi realizada entre 27 e 29 de junho e a segunda entre 3 e 4 de julho, imediatamente depois da operação militar. Isso ocorreu porque a libertação "era notícia de inegável impacto político e não medir isso era como fechar os olhos", explicou Jorge Londoño, gerente da empresa de pesquisas.Na primeira consulta, a aceitação do presidente era de 76%. Na segunda, após a Operação Xeque, o índice subiu para 85%. No caso de Ingrid a diferença é ainda maior, subindo de 60% para 83%. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.De uma lista de 26 personalidades feita pelo Gallup, após Uribe e Ingrid aparecem os chefes militares e o ministro da Defesa, Juan Manuel Santos, visto como um dos grandes vitoriosos politicamente com a operação. No fim da lista aparece o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, e o do Equador, Rafael Correa. A dupla mantém algumas divergências com Uribe. No fim de semana, uma pesquisa realizada pela empresa Ipsos-Napoleón Franco revelou também a diferença na popularidade do presidente e da franco-colombiana. Com três pontos de margem de erro, a sondagem revelou que a popularidade de Uribe passou de 76% a 87% e a de Ingrid, de 54% para 79%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.