Ganhadores recentes

2006: Muhammad Yunus e Grameen Bank - O "banqueiro dos pobres" de Bangladesh fundou o banco que oferece microcrédito. 2005: Mohamed ElBaradei e Agência Internacional de Energia Atômica - O egípcio dividiu o Nobel com a agência que chefia, por tentar conter o uso militar da energia atômica e promover seu uso seguro.2004: Wangari Muta Maathai - A ativista opôs-se ao regime autoritário do Quênia e fundou o Movimento Cinturão Verde, que promove o desenvolvimento sustentável.2003: Shirin Ebadi - O trabalho em prol dos direitos das mulheres e crianças em seu país fez da iraniana a primeira muçulmana premiada.2002: Jimmy Carter - Outro democrata a ser premiado durante o governo Bush, o ex-presidente americano teve reconhecidos os esforços pela solução de conflitos e pela promoção dos direitos humanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.